terça-feira, 11 de setembro de 2007

MAN KIND UNDER ATTACK

Até hoje e para o resto da minha vida ficarei arrepiado ao ver as imagens das torres a ruir, ao ouvir o rugido dos ferros a retorcerem-se debaixo do peso enorme de centenas de andares de escritórios. O estrondo de aviões a esborracharem-se contra as torres e as imagens das pessoas a saltarem para a morte, completamente conscientes dela, tentando apenas antecipá-la!

Cada um de nós tem as suas próprias “Twin Towers”, mas estas, as de NY unem-nos a todos.
Unem-nos e separam-nos...
Unem-nos na estupidez do ser humano.
Separam-nos nas formas de fazer uso das nossas habilidades.

Nunca esquecerei os milhares de pessoas que saíram de casa para trabalhar numa manhã de Setembro como tantas outras e morreram em nome da religião e da política dos outros.
Nunca esquecerei os que fizeram e patrocinaram este ataque e todos os que os apoiaram, nos EUA, no Iraque, no Afeganistão, na Arábia Saudita... e em PORTUGAL.

Nunca poderei censurar a revolta de um presidente que a maioria do mundo considera medíocre mas a quem foi dada a oportunidade de brincar ás guerras.
Eu também não deixaria de vingar os meus!
Como podemos censurar os Americanos quando se defendem de ataques ao coração da sua nação?
Será que só nos lembramos deles quando precisamos de banir as ameaças nazis?
Será que as bombas deles nessas alturas fazem menos mortos?
Ou será que nos vamos lembrar deles amanhã de manhã quando entrarmos no metro ou num avião e vamos agradecer que espiem os nossos inimigos.
Será que aí já não vamos pensar que são movidos por teorias da conspiração e nos vamos sentir mais seguros um pouco, por causa das suas manias securitárias?

Por isso, quando vejo estas imagens só me ocorre que nunca nos esqueceremos das vitimas mas não nos podemos esquecer também dos nossos inimigos!

WE WILL NEVER FORGET!!!

(eu sei que este post me vai custar muitas críticas, muitos visitantes que não voltam cá, muita desilusão para muita gente, mas TOU-ME NAS TINTAS! Eu penso assim e tenham paciência mas de vez em quando têm que “levar comigo”.)


9 comentários:

Maria disse...

POis é, tambem este é um daqueles assuntos delicados amodos que a malta critica mas depois sabe bem usufruir dos resultados dos actos que nos provocam essas mesmas criticas...
Quanto ao Kali acho que anda a tentar pôr a vida dele em ordem, estou cheia de saudades das historias dele, a ultima coisa que soube dele foi um comentário ao meu post do Pavarotti, muito curto mas à Kali

Nitrosferatu disse...

Meu caro Flash, este assunto dava para discutir e mostrar diferentes pontos de vista tendo todos razão. Posso apenas dizer que extremar posições nunca foi a solução do problema, mas quase sempre a semente de muitos outros. O preço humano foi muito elevado para ser levado levinamente por uma pessoa com o poder de mudar a face do mundo instantaneamente. As vinganças ainda hoje fazem derramar o sangue de inocentes um pouco por todos o mundo. Na minha opinião o processo é lento e deve ser cultural, a globalização vai transformar os radicais em grupos minoritários que lentamente desaparecerão em prol de outros. Estamos destinados à auto destruição e o que podemos fazer é combater com a mente e cuidar do coração. Para semear a discórdia deixo esta frase: Se por cada atentado de bomba no centro de Londres os Ingleses bombardeassem a Irlanda, pouco ou nada restaria daquele país e certamente do centro de Londres.

Contestatário me despeço,

Dr Mendez

Som Do Silêncio disse...

Meu querido Flash

Até me estou a arrepiar a vêr o video...
Foi realmente um episodio horrivel.

Mas eu gostei de lêr o teu post, dizes muitas verdades que muita gentinha não consegue dizer.
E só por isso mereces todo o meu respeito e admiração.

Não vou dissertar sobre o tema poois já por si só é polêmico e não sou de falar nisso senão nunca mais me calava...

Deixo-te um beijo carinhoso

Um Momento disse...

Flash...
O video acabou... e eu continuei a olhar para o ecran...
Não sei por quanto tempo...
Entendes agora porque preferi colocar as torres em pé no meu post?
Um beijo grande ... um abraço por estas janelas podermos ter abertas sem nenhum pássaro de fogo a querer n'élas entrar
(*)

Dias disse...

Se os TEUS salvadores deixassem os TEUS inimigos matarem-se todos uns aos outros, não traziam para casa cócó nos sapatos.
Mas os TEUS salvadores, não por politica, não por religião, e muito menos na defesa de que povo seja, resolveram render o interesse do resto do Mundo aos interesses das gasolineiras, presumindo que o resto do Mundo não quer abdicar do Petroleo em favor de energias alternativas MUITO MAIS baratas e MUITO MENOS poluentes.

Os TEUS salvadores apanharam na testa com o bomerang que venderam, (não tenho de te relembrar p.e. da meia duzia de bidons ferrujentos que seriam um poderosicimo arsenal nuclear...) nós ainda nos mantemos ilesos... se apanharmos com estilhaços TAMBÉM os mereçemos porque fomos NÓS quem apoiou os TEUS salvadores.

(levar contigo implica levares comigo)

Dias disse...

Esqueci-me do abraço...

Abraço :)

Lis disse...

Não Penses que não visitei o blog ou me esqueci de postar! Não conserteza que não foi isso! O comentário não é polémico por ser o 11/09 mas sim porque se mata por dá-cá aquela palha! Não nos esqueçamos da Santa Inquisição que tambem matou por "fé" por "Deus".Isso é que acho deprimente, matar-se em nome de algo ou alguem para servir os seus próprios objectivos,sejam eles religiosos politicos ou económicos..Até mesmo por amor.."Os duelos" por donzelas ou qualquer outro amor! A verdade é que morte é sempre morte! Já existem bastantes causas de morte sem o nosso "poder interveniente"!!! Vamos fazer Paz..Amor!! Mudar mentalidades! É aí que reside o futuro da humanidade!! Não comentei ontem porque de luto, não consigo reagir! Tanta febre de maldade,tira-me sempre e cada vez mais a vontade de viver neste mundo!!! Ah a minha geração lutou para que tu tivesses o direito de falar, expores as tuas opiniões criticas ,doa a quem doer! É um direito que te assiste! Mais logo vou ouvir as musicas de hoje que me parecem mto, mto mais aliviadoras de sofrimento!
Beijinhos

Flash disse...

Não é meu costume responder a comentários aqui, mas acho que o do DIAS merece resposta, e tinha que a dar aqui.

Pois é amigo Dias. Só para te dizer que estás à vontade. Neste blog existe total e absoluta liberdade de expressão.
Acho bem que quem não concorda com o que escrevo o diga!
Se a música for uma merda, digam!

O que é pena é que nem todos sejam como tu.
Aprecio a frontalidade e gosto de opiniões diferentes, por isso não te acanhes, quando não gostares dá na cabeça.

Não te esqueças é do abraço senão gastas-me os comentários!

Abraço

Luísa disse...

Eu também não esuqeço o 11 de setembro, mas o chileno, esse sim, que condenou um país à fome, a miséria, à prisão e à tortura! Tudinho com o patrocínio dos EUA...